domingo, 15 de abril de 2012

“Apenas duas quadrinhas sobre o amor” (Primavera)


O amor quando é dado de presente
Sem cobranças, vindo ao acaso,
De repente nascendo em cada gesto
Deixa marcas profundas na alma da gente

Se um dia terminar
Sem esperar o verão pra renovar
Deixará saudades eternas, não importa,
Em alguém que resolveu partir ou ficar!

Fim?

Marcondes Filho

Um comentário:

  1. Ola! Adorei o seu Blog,continue divulgando que você terá sucesso.
    Peço um favor,quando puder,passe no meu Blog e entre nos Links que estou disponibilizando!
    Eu testei todos eles e realmente não é CALOTE E NEM FRAUDE.
    Achei o método melhor do que aqueles que prometem mundos e fundos se você adquirir algum produto e revender,portanto a decisão final fica com você!Se puder acessar e se gostar se cadastre.Desde Já Agradeço.
    http://ganheclicandonanet.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir