sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

Darmos valor no nosso dia a dia as coisas que achamos serem insignificantes como uma Borboleta ou o brilho de suas asas, como o gotejar do orvalho em uma pétala de uma Rosa ou como a Estrela que menos brilha no firmamento será sabermos respeitar os limites racionais da individualidade
das coisas.


Marcondes Filho

2 comentários:

  1. Não sou cristão, mas compreendo esse dia como importante para todo o ocidente, e sei que uma forte energia de bondade domina os corações nesse momento. Espero que essa data tenha um significado maior do que essa onda consumista que se tornou para os povos ocidentais, e que o desejo de paz, amor e compreensão domine seu coração.
    Feliz Natal!

    Passe no blog, tenho uma postagem sobre um livro que adoro.

    http://sabordaletra.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Realmente, ainda mais que agora estamos na época natalina, em que as pessoas valorizam mais o ter do que o ser, querem somente presentes e esquecem de valorizar o que não tem preço.

    Vou seguir o blog...

    Abraços, feliz natal e ótimo 2011, repleto de saúde e alegrias!

    http://inutilidadesliterariaseafins.blogspot.com

    ResponderExcluir