terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

Eu Sou


Eu sou areia
Ou a rocha eterna
Sou o sol
Ou a placidez da lua
Sou o bem
Ou o mal
Sou apenas humano
Filho de Deus
Sou a chuva
Ou a aridez do deserto
Sou a criança
Ou o ancião
Sou a inocência
Ou a sabedoria
Sou apenas humano
Filho de Deus
Sou o caminho
Ou a incerteza
Sou a fé
Ou o ateu
Sou a luz
Ou a escuridão
Sou apenas humano
Filho de Deus

Menezes Filho


6 comentários:

  1. Lembra um pouco mesmo...
    O meu pai gostava do Raul Seixas.

    ResponderExcluir
  2. mais uma bela poesia

    http://rocknrollpost.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Perfeita em um mundo de imperfeitos, aliás de humanos.
    Beijos.
    Lu

    ResponderExcluir